O Ayurveda recomenda um estilo de vida saudável, ou seja, uma rotina diária de hábitos promotores da saúde. Isto torna-se cada vez mais relevante para o ser humano do século XXI preocupado em como manter a saúde e evitar o adoecimento. Neste artigo introdutório iremos procurar adaptar as recomendações ayurvedicas para a nossa realidade, brasileira, ocidental do terceiro milênio.  Pois compreendemos que os textos indianos, escritos em sânscritos, relacionavam-se com outra realidade, que foi vigente na Índia há muitas centenas de anos atrás e que, na maior parte das vezes, é inalcançável para as pessoas comuns.

   Nós não podemos esquecer que este estilo de vida está recomendado para as pessoas saudáveis. Se houver algum distúrbio ou adoecimento físico e mental a rotina diária deve ser individualizada por um profissional ayurvédico. Os autores indianos colocam os benefícios deste estilo de vida:

  1. Manutenção de uma higiene adequada
  2. Promover clareza nos órgãos dos sentidos
  3. Aumentar força e vitalidade no corpo físico
  4. Otimizar a saúde física e mental
  5.  Promover envelhecimento saudável e longevidade
  6. Manutenção de paz e harmonia na mente
  7. Auxiliar nos processos de introspecção e autoconhecimento

 Abaixo iremos enumerar os principais tópicos de uma rotina ayurvedica:

  1. O ACORDAR: devemos despertar cedo em Brahma muhurta, ou seja, literalmente no “horário do Criador”. Isto significa antes do nascer do sol, pois é considerado um momento auspicioso. Fica claro que para despertarmos cedo temos que dormir cedo: ”Deus ajuda quem cedo madruga”. Recomenda-se um descanso noturno em torno de 8 horas. Ao acordarmos devemos acessar nosso poder digestivo (Agni) através da fome. Se estivermos seguindo uma rotina saudável devemos acordar com um pouco de fome (a ausência de fome pode sinalizar um distúrbio de Agni ou até hábitos alimentares inadequados). Brahma muhurta também é o melhor horário para a meditação e prece.   
  2. O EVACUAR: beber um copo de água cheio, morno ou temperatura ambiente em jejum, auxilia o processo de evacuação. Devemos ir ao banheiro diária-mente pela manhã cedo. Sair de casa sem evacuar pode desenvolver um processo de constipação que poderá tornar-se crônico. No Ayurveda as fezes devem ser bem formadas e flutuar na água, o que é um sinal de que a comida foi digerida adequadamente. Se as fezes afundarem no vaso significa que o alimento não foi bem digerido, o que pode ser sinal de má digestão.  O defecar deve ser suave e sem esforço, pois ficar muito tempo sentado no vaso pode predispor a hemorroidas.
  3. O ESCOVAR OS DENTES: recomenda-se escovar os dentes pela manhã cedo e imediatamente após alimentar-se. O procedimento deve ser suave sem causar dor ou machucar as gengivas ( na visão ocidental deve-se utilizar, também, o fio dental diariamente).
  4. A RASPAGEM DA LÌNGUA: a limpeza da língua está recomendada com um limpador de língua metálico (ouro, prata, cobre ou aço inoxidável). Os movimentos são de dentro para fora de forma suave e lenta. Esta prática auxilia a melhorar o paladar, promove limpeza da boca e retira mau hálito.
  5. A LIMPEZA DOS OLHOS: uso de colírio preventivo com ervas e ghee ( manteiga clarificada) promove uma visão aprimorada, limpa os olhos e gera brilho e beleza. Uma gota de ghee em cada olho previne secura.
  6. AS GOTAS NASAIS: a utilização de óleo medicado com ervas na forma de 2 gotas em cada narina é recomendado. Receita caseira: 1 colher de sopa de leite orgânico integral de vaca ou cabra, 1 pitada de rapadura ou açúcar mascavo e 3 gotas de sumo de raiz de gengibre fresco. Misturar e filtrar, colocar 1 gota em cada narina, diariamente, pela manhã. As gotas nasais auxiliam a pele, melhoram a voz, clareiam os órgãos dos sentidos e beneficiam os cabelos.
  7. O MANTER O ÓLEO NA BOCA: colocamos óleo de coco ou gergelim em quantidade suficiente para preencher a cavidade oral e permanecemos com o óleo, na boca, até começarmos a lacrimejar. Esta prática fortalece a boca, alivia secura, promove as gengivas e retira mau hálito.
  8. A OLEAÇÃO DO CORPO: passar óleo em toda a pele, dos cabelos aos pés, de forma suave, é sempre realizada antes do banho morno, nunca depois do banho. Nós utilizamos óleo de coco para pessoas mais calorentas e no verão, já pessoas friorentas e no inverno usamos óleo de gergelim. A oleação da pele e cabelos reduz o envelhecimento, alivia cansaço, melhora a visão, otimiza o sono, fortalece o corpo e beneficia a pele.
  9. OS EXERCICIOS: uma atividade física regular e adequada terá efeito semelhante a um medicamento. O Ayurveda recomenda a prática até ocorrer suor na cabeça, testa, nariz e axilas. Outra orientação é exercitar-se até a metade da capacidade da pessoa, ou seja, se você consegue andar 10 quilômetros caminhe apenas 5 quilômetros. Nunca atinja a exaustão ou seu limite máximo, em outras palavras: pratique com moderação (a medicina ocidental recomenda 150 minutos de atividade aeróbica por semana). Algumas pessoas passam o óleo em todo corpo e depois caminham por 30 a 40 minutos, diariamente, antes do banho morno.
  10.  A DIETA: tome café como um príncipe, almoce como um rei e jante como um mendigo, ou seja, a principal refeição é o almoço e o jantar é necessariamente mais leve. Apenas consuma alimentos que você consegue imaginar crescendo na natureza, da mesma região e estação do ano. Esta é a comida encontrada nas feiras, principalmente as feiras orgânicas. Em outras palavras: coma comida de verdade. Lembramos a antiga máxima de Hipócrates: “faça do seu alimento o seu remédio”.

Dr. Aderson Moreira da Rocha, médico de família, reumatologista, especialista em acupuntura pela Associação Médica Brasileira e especialista em Ayurveda pela Associação Brasileira de Ayurveda. Tel: (21) 25373251. Visite: www.ayurveda.com.br

Aderson Moreira da Rocha

Médico de família, reumatologista, acupunturista e especialista em Ayurveda pelo Arya Vaidya Phramacy, tradicional escola de Ayurveda do sul da Índia. Mestre e doutor em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da UERJ, presidente da Associação Brasileira de Ayurveda e autor do livro “ A Tradição do Ayurveda” pela editora Águia Dourada.

Últimos posts por Aderson Moreira da Rocha (exibir todos)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *