A palavra Yoga, em Sânscrito, quer dizer união, integração. Ao praticarmos essa milenar ciência, alcançamos plena integração de corpo, mente, emoções e espírito. Após uma hora de prática, o corpo se mostra relaxado e revitalizado. A mente fica tranquila e lúcida. Ganha-se quilíbrio emocional e bem-estar. Tudo como resultado de um trabalho harmônico que engloba respiração, alongamento, força, equilíbrio, relaxamento, meditação e canto de mantras.

pratica-yoga2Durante a aula, realiza-se uma prática que vai além do físico, já que o Yoga atua também nos planos energético e emocional, através da ativação e harmonização dos chakras, centro de energia prânica distribuídos pelo corpo.

Além dos ásanas (posturas), as aulas contam com pranayamas (exercícios respiratórios), que desencadeiam uma melhora considerável nas afecções respiratórias. Os pranayamas ampliam a capacidade pulmonar, fruto do aprendizado do uso pleno dos pulmões. Estes exercícios auxiliam também no equilíbrio da pressão arterial.

A estimulação das glândulas é intensa, podendo se alcançar uma perfeita secreção de hormônios, com emagrecimento saudável. Grandes benefícios também são percebidos naqueles que sofrem de insônia, ansiedade, estresse, depressão, síndrome do pânico e fibromialgia.

O equilíbro do sistema nervoso traz auto-confiança, tranquilidade, paciência, serenidade e um sono mais nutridor. A resposta emocional é evidente. As células do organismo recebem maior aporte de oxigênio, resultando em melhor memória, mais concentração e resistência ao cansaço, fortalecimento do sistema imunológico. O corpo é retirado do caos orgânico, mental e emocional que culmina em doença.

Entre inúmeros outros benefícios, pode-se citar também a melhora da digestão e funcionamento intestinal, alívio para dores de cabeça, regularização da menstruação, com alívio das cólicas, e sobretudo correção postural com diminuição das dores nas costas, mal que aflige hoje um grande. 2by2 Gaming Free Slots Reviews

Últimos posts por Rebeca Markus (exibir todos)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *